quarta-feira, 18 de abril de 2012

Demóstenes negociou verba para beneficiar empreiteira



Escutas e relatório do Ministério Público Federal apontam que o senador Demóstenes Torres (ex-DEM, atualmente sem partido) usou o cargo para negociar um projeto de R$ 8 milhões em favor da Delta Construções, informa reportagem de Fernando Mello e Leandro Colon, publicada na Folha desta quarta-feira (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

Na gravação, ele condiciona o envio de verba para obra em Anápolis (GO) à escolha da Delta para tocar o projeto.

O senador diz a Cachoeira que o prefeito de Anápolis lhe pediu ajuda para fazer um parque. "Falei pra ele... que ele desse preferência para vocês", diz.

Um dia depois, Cachoeira relata a conversa para um diretor da Delta.

Para o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, há evidências de que Demóstenes atuava como "sócio oculto" da Delta, empresa que desde 2007 é a que mais recebe recursos do governo federal, principalmente por obras do Programa de Aceleração do Crescimento.

A defesa de Demóstenes nega pedido de favorecimento à empresa, que diz não ter relação com ele.

Leia a reportagem completa na Folha desta quarta-feira, que já está nas bancas.


Nenhum comentário: