sábado, 21 de maio de 2011

Fórmula 1 Webber (foto) é o mais rápido e largará em 1º na Espanha; Massa é o 8º

A Red Bull segue dando as cartas nos treinos desta temporada. Neste sábado, a escuderia fez mais uma dobradinha no treino de classificação para o GP da Espanha. Engana-se, porém, quem apostou em Sebastian Vettel como o pole position para a corrida deste domingo. Felipe Massa obteve o oitavo tempo.

Pela primeira vez neste ano, Mark Webber foi mais rápido do que o atual campeão mundial, que até então havia largado em primeiro nas quatro corridas anteriores. O australiano fez o tempo de 1min20s981, contra 1min21s181 de Vettel. Os dois não foram incomodados pelos adversários

ebber obteve pelo segundo ano seguido a pole position no GP da Espanha. Vettel largou em segundo lugar pela última vez desde o GP do Brasil em 2010, quando viu Nico Hulkenberg ficar à frente no grid.

Felipe Massa, com o tempo de 1min22s888, largará em oitavo. Fernando Alonso, seu companheiro de equipe, sairá em quarto. O espanhol fez 1min21s964, apenas trés milésimos mais lento do que Lewis Hamilton, da McLaren. Michael Schumacher preferiu não entrar na pista no Q3 e sairá em décimo.

No Q1, Massa e Barrichello arriscaram para economizar um jogo de pneus macios. Com compostos duros, os brasileiros fizeram tempos ruins. O piloto da Williams, com 1min26s910, ficou em 19º e não se classificou para o Q2. Ele explicou as dificuldades que teve durante a sessão.

"Tivemos um problema no câmbio que afetou meu desempenho. As mudanças de marcha estavam esquisitas. Dei uma volta, e quando voltei aos boxes me disseram que não daria para continuar. Pelo lado positivo, era uma estratégia economizar um jogo de pneus macios. É frustrante estar nesta posição, mas os pneus estão lá", disse Barrichello, em entrevista à TV Globo.

No fim da primeira parte do treino, Massa voltou à pista para evitar qualquer surpresa. Com pneus macios, ele fez um bom tempo e se garantiu no Q2. Nick Heidfeld, cujo carro pegou fogo durante o terceiro treino livre, não saiu dos boxes e, por isso, largará na última posição.

No Q2, Massa correu riscos de não se classificar entre os dez mais rápidos.  Com o tempo de 1min23s026, o brasileiro conseguiu se sustentar e passou com a décima melhor marca.

A Ferrari recebeu uma péssima notícia. A equipe havia desenvolvido uma nova asa traseira, mas a FIA proibiu a equipe de usá-la. Após uma inspeção, a entidade considerou que a peça não estava dentro das especificações do regulamento. A Ferrari havia usado sua nova asa nos treinos livres de sexta-feira.

O GP da Espanha terá sua largada às 9h (horário de Brasília) deste domingo, com transmissão ao vivo da TV Globo

Nenhum comentário: