domingo, 17 de abril de 2011

O TELEFONE CELULAR DEVE FICAR DESLIGADO NA IGREJA?



João Cruzué

Os aparelhos celulares devem ficar desligados durante o culto ou outras atividades dentro da Igreja. Bem é assim que somos instruídos. Todavia, vou relatar um fato gravíssimo - de simulação de sequestro - acontecido com pessoas conhecidas que me deixou em dúvida. Minha intenção é que isto chegue ao conhecimento de pastores e membros de Igreja. A vida de um familiar pode estar em perigo.

A mãe de uma pessoa conhecida foi a culto. E todos sabem que durante o culto os aparelhos celulares ficam desligados. Até os bandidos .

Daí, uma pessoa ligou do meio da rua para a filha desta senhora. Disse que a mãe dela tinha sido assaltada, o carro e a bolsa roubados e ela estava muito machucada. Eram bandidos. Puseram uma mulher no telefone e ela falou: "Filha, me dá o seu celular porque eu estou tão nervosa que nem me lembro o número dele, estou muito machucada..." Mais ou menos assim.

Dois minutos depois, um bandido liga no celular. "Nós sequestramos sua mãe, viu sua... se você não vier agora aqui com dinheiro, eu estou com um revolver na cabeça dela, e vou meter bala." E ameaças muito maiores que estas. A filha desta senhora entrou em pânico. E os bandidos continuaram a ligar.

Agora sua... você vai fazer o seguinte: se ligar para a polícia, sua mãe morre. Tira fora do ganho o telefone (linha fixa, o primeiro usado) da sua casa e não atenda mais ninguém"

Pronto! o cerco foi fechado. A moça entrou em pânico. Juntou suas economias para ir salvar a mãe. Só não fez isso, por causa dos vizinhos que chegavam e o pai dela que também acabava de chegar do trabalho.

A situação estava fora do controle. Mas eles eram crentes. Primeiro oraram. Depois procuraram o número de um telefone de amigos na Igreja, porque o telefone da senhora não atendia. E não atendia porque estava desligado na hora do culto.

Eles tentaram entrar em contato com uma pessoa da família do Pastor. Celular desligado. Na segunda tentativa, para outro número, a pessoa estava acabando de entrar na Igreja e estava desligando o celular quando ele tocou. Ela não queria atender, mas não sabe porquê - atendeu!

Paz do Senhor... você pode me dizer se a irmã fulana de tal está aí no culto...?

"Sim ela está. Estou olhando para ela..."

E foi assim que a simulação de um falso sequestro feita por alguma central de telemarketing de bandidos foi desmascarada e um sequestro real deixou de acontecer.

E foi assim que Deus deu livramento. Não a mãe de nossa conhecida. Mas à filha dela, que estava saindo ao encontro de bandidos para levar o dinheirinho que possuía para salvar a mãe. Salvar? Meditem bem no que iria acontecer!

Aí estão os fatos. Celular deve ficar desligado quando você vai a sua Igreja?

Eles têm se repetido em larga escala no Brasil. Até o falecido ex-Vice Presidente José de Alencar caiu (ou quase) nele. Depois de uma notícia dizendo que um parente sofreu um acidente, assalto, etc. a pessoa pode perder scompletamente a capacidade de raciocínio. Qualquer mulher gritando do outro lado é uma mãe, filha ou neta.

Diante disso, deixo uma sugestão: não desligue seu celular. Deixe-o no vibracall. Estamos com grandes problemas de segurança no Brasil. Oriente bem sua família em casa.


Quero saber sua opinião. Deixe seu comentário abaixo.

Nenhum comentário: