sábado, 12 de fevereiro de 2011

O que está acontecendo no Egito

João Cruzué

Ao contrário do que muita gente pensa, os países muçulmanos que estão passando por ventos de agitação popular, incluindo o Egito, não caminham para uma democracia como deseja o povo.

O Egito, a Tunísia e outros mais, são nações consideradas "secularizadas", isto é, governadas por autoridades que relativizaram os costumes do Islã.

Com o Egito, já são dois governos que caíram pelas manifestações populares.

Por trás de tudo, insuflando os sentimentos do povo, estão muçulmanos fundamentalistas com o firme propósito de levar de volta o governo destas nações para um governo religioso.

E o povo que está pensando em democracia, pode acabar sofrendo nas mãos de uma ditadura religiosa, muito pior do que o governo que está ajudando a derrubar. Assim aconteceu no Irã.

Nenhum comentário: