segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Mensagem cristã para o Natal de 2010


Jesus é o melhor presente de Natal


-------------------------------------------------------

Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; 

e o principado está sobre os seus ombros;

e o seu nome será Maravilhoso Conselheiro, 

Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.

--------------------------------------------------------

João Cruzué

Qual é o verdadeiro significado do Natal? Provavelmente cada um de nós diria uma frase diferente. Uns gostam do agitação do Centro da cidade, onde uma multidão alegre e barulhenta caminha pelas ruas em busca de lembranças e presentes. Dezembro é o mês em que as pessoas deixam um pouco de lado o valor do dinheiro em um exercício esperado de generosidade. Paulo citou em Atos 20:35 as palavras de Jesus Cristo: "Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber." Frase esta, que hoje foi distorcia para "É dando que se recebe." Nesta mensagem de Natal vamos abordar um dos maiores presentes que podemos dar e receber.

A quantidade e formas de desgraças humanas são inumeráveis. Todo dia, hora e minuto há alguma injustiça sendo cometida que na maioria das vezes vai ficar esquecida. Esquecida por quem pratica, mas viva na lembrança de quem sofre ou vê. Injustiça é o que se vem fazendo desde o começo do mundo. A fantástica capacidade humana de perpetrar injustiças e praticar iniquidade não possui freios. Novas leis são promulgadas todos os dias contra a iniquidade, nem por isso ela diminui. Não diminui porque suas raízes estão enterradas no mundo espiritual - além do plano físico - um lugar que não vemos e pouco conhecemos; mesmo que outros não acreditem ele está lá.

E Deus olhou para nós e se compadeceu de nossas misérias. E se entristeceu também pelo fato de que era impossível pela humanidade arrancar estas raízes fincados no lado escuro do universo espiritual. Então Ele se abaixou até nós e enviou seu único filho para que se humanizasse e sentisse fraqueza como nós. Ele trouxe uma mensagem direta do Deus Todo Poderoso: e a mensagem é esta: Todo pecador que aceitar e livre vontade e confessar com a própria boca que Jesus Cristo é o filho do Deus Vivo, e Senhor da sua vida tem garantido o direito da salvação. Salvação da perdição eterna e do poder do pecado. Quem aceita o Cristo como Senhor e Deus não será mais escravo da força do pecado.

O maior significado do Natal é o perdão. O maior presente que alguém pode receber para aliviar as dores da própria alma. Este perdão é de graça: Vinde a mim todos vós que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Disse Jesus Cristo. Melhor coisa é dar do que receber. Perdoar é melhor do que ser perdoado, porque perdoar exige sacrifício. E Deus enviou o seu perdão para toda humanidade em um forma humana. Cristo é o perdão de Deus. Ainda que alguém fosse o pior pecador sobre essa terra, se um dia se ajoelhasse ao pé da cama e pedisse perdão dos pecados a Jesus, seria perdoado.

E se Cristo perdoa, nós também devemos ter um coração perdoador. E Pedro, um dos discípulos de Cristo, perguntou: Senhor, até quantas vezes devo perdoar meu irmão? E a resposta veio clara: Até 70 x 7 vezes - e naturalmente por dia. E por que esse perdão é tão importante? Porque ao perdoar, o perdoador fica livre para ser abençoado.

Neste momento eu sei que há pessoas com doenças terríveis morrendo nos hospitais, porque não quis perdoar. Eu sei que perdoar é difícil, que exige sacrifício, às vezes enormes sacrifícios. Mas é mandamento bíblico, presente na oração do "Pai Nosso".

Quando você perdoa, a corrente maligna que o mantinha preso ao passado se rompe. Deixar de perdoar é se entregar irracionalmente nas mãos do diabo, para que ele vá destruindo você aos pouquinhos. Ele envenena a sua mente, e você vai achando que é verdade. É preciso analisar as coisas deste ponto de vista; que nossos pensamentos podem ser envenenados e mantidos sob uma interpretação errada. Quando você começa a meditar neste assunto, pode descobrir que aquilo que parece tão "imperdoável" não tem o peso que pensava ter.

Natal é tempo de Jesus. Natal é tempo de perdão. Comece um ano novo fazendo uma "faxina" em seu coração. Perdoe, assuma um compromisso de perdoar diante de Deus. Liberte-se das mágoas, angústias ligadas às pessoas que lhe fizeram mal. Perdoe. Se assim fizer, suas orações não serão impedidas. O caminho para receber todo tipo de bênçãos estará liberado. Bênçãos de saúde, bênçãos financeiras, bênçãos de paz de espírito, bênçãos de uma nova oportunidade de negócios - enfim, todas essas bênçãos e muitas outras dependem de obedecer àquele que foi desprezado, traído, esbofeteado, crucificado - mas perdoou: você e eu.

Feliz Natal com Jesus Cristo, pleno, no seu coração.

São os votos do blog Olhar Cristão.
e do Jornal Gênesis.

João Cruzué

Nenhum comentário: