quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

AirCross puxa vendas da Citroën para cima, em novembro

Carsale – A Citroën do Brasil fechou o mês de novembro com 8.482 unidades emplacadas, o que representa um salto de 58,3% em relação ao mesmo mês de 2009. Segundo a fabricante francesa, o crescimento nas vendas do recém-lançado utilitário AirCross contribuiu para os bons resultados obtidos no último mês. Em novembro, o AirCross (foto) foi responsável por 1.519 unidades vendidas e já acumula 2.586 emplacamentos neste ano. "Estamos comemorando nosso primeiro mês completo de vendas do Citroën AirCross, um produto que tem demonstrado ótima aceitação por parte de nossos clientes e grande potencial comercial", afirmou Ivan Ségal, presidente da Citroën do Brasil.

Carro-chefe da marca no Brasil, o hatchback compacto C3 somou 3.504 unidades no último mês e 35.755 veículos no acumulado de janeiro a novembro – alta de 15,7% ante 2009. Já o hatch C4 emplacou 1.387 unidades em novembro e 11.761 exemplares no acumulado, enquanto o sedã C4 Pallas registrou 925 unidades no mês passado, e 10.794 veículos no ano. No caso da família de monovolumes da Citroën – composta pelos modelos Xsara Picasso, C4 Picasso e Grand Picasso – os emplacamentos somaram 890 unidades e 10.454 veículos de janeiro a novembro.

O sedã de luxo C5 somou 65 unidades comercializadas no último mês e 865 exemplares até novembro. Já o utilitário médio Jumper emplacou 177 veículos, na versão Minibus, e 15 unidades, na configuração Furgão. As vendas acumuladas de ambos os modelos alcançaram 1.846 unidades. De acordo com a Citroën, as vendas totais da marca no País, até o mês de novembro, alcançaram 74.068 unidades, volume 17,16% maior do que os 63.221 emplacamentos registrados em 2009.

Nenhum comentário: