domingo, 3 de outubro de 2010

Marina Silva alcança 20% dos votos e tira vitória de Dilma




João Cruzué

grande família evangélica brasileira se uniu em torno da candidatura de Marina Silva. Com cerca de 20% dos votos, hoje, 03 de outubro de 2010, ela deixou Dilma Roussef com água na boca forçando a realização do segundo turno no dia 31 de outubro próximo.

As pesquisas tanto do Ibope quanto do Datafolha não conseguiram mostrar a dinâmica do voto nesta última semana. A diferença foi muito grande, no caso de Marina de 13 para 19,51%. De 52% (Dilma) para 46%. Erraram feio.

O voto evangélico ficou dividido, mas a maioria dos crentes ficou com Marina, apesar das defecções das grandes lideranças dentro das Assembleias de Deus - Pastor Manoel Moreira - Ass. Deus Madureira, e do Pr.Silas Malafaia, os membros não seguiram suas orientações.

Irmã Marina Silva encantou a muita gente cristã e não cristã pela sua coerência, testemunho de vida e ausência de hipocrisia. Travou sua batalha de forma limpa e com muito esforço. Eu e minha casa ficamos muito satisfeitos com a performance desta senhora que não tem vergonha de usar a legítima pituca das mulheres assembleianas.

Ela não encantou somente a nós, evangélicos, mas também a muitos católicos da ala carismática. Diga-se com justiça, que a questão do plebiscito sobre aborto, questionado com estardalhaço pelo Pastor Silas Malafaia, são bandeiras do Partido Verde, que não é propriedade da candidata, há pouco tempo na casa.

Parabéns Irmã Marina, pelo testemunho que mostrou que a senhora não tem do que se envergonhar e nós, evangélicos, ficamos orgulhosos da sua postura cristã.



Nenhum comentário: