terça-feira, 26 de outubro de 2010

Dilma ou Serra, quem ganhou debate da Record?

Debate na Rede Record
Dia 26.10.10 - final 00:46h.


Atualizado em 26.10.2010 - 00:46h - Final do debate.

João Cruzué

Quer mesmo saber minha opinião a respeito do debate? Bem, foram os mesmos assuntos do enésimo debate anterior. Não houve aprofundamento em nada. Só conversa engessada e "cotoveladinhas" delicadas, do tipo "O candidato mente...; "A candidata faltou com a verdade..." e por aí foi.

Senão vejamos: Banda larga, Prouni, Petrobrás, Paulo Sousa, Erenice, drogas, saúde, Pac, Nordeste, e conversa de quem não tem nenhum plano de governo sério. Só conversa. Por incrível que pareça, apareceu um pouco de ecologia, mas infelizmente sobre a propostas mais sérias sobre Educação ó... nem um pio. Eu gostaria apenas de saber o seguinte: O Brasil é o país mais injusto que conheço sobre a graduação superior dos jovens. Os pobres estudam em escolas públicas de ensino fundamental e médio. Na hora de ir para a faculdade, a má formação dada pela maioria esmagadora das escolas públicas não capacitam o estudante para passar no vestibular de uma Universidade Pública. Assim ele tem que vender a sua pele ( gastar todo seu salário) para pagar uma faculdade particular. Já o estudante de classe média, estuda em escola particular, para depois estudar de graça na Universidade pública, que tem melhor qualidade.

Ninguém propos nada sobre isso. É por isso que o Brasil tem quase 100 milhões de adultos (eleitores) que não concluíram o nível médio. Cada jovem que não consegue sua graduação, deixa um grande prejuízo em termos de renda para sua família e principalmente para a nação, considerando que uma pessoa graduada consegue muito mais renda (em tese) que outra que não tem graduação alguma.

Será que ainda verei alguém propondo coisas do gênero? Em 2010, com certeza não.

Se você me perguntar quem ganhou o debate, eu respondo. Todos perderam. Incluindo a mim que perdi o tempo, para ver as mesmas frases planejadas. Em duas palavras: Café requentado!

domingo, 17 de outubro de 2010

Igreja Assembleia de Deus se posicionou para o 2º turno


A "Missão" ficou com José Serra; Madureira com Dilma.



IITurno
Posição da Igreja Evangélica no 2º Turno

João Cruzué

Já sabíamos do posicionamento do Bispo Macedo da Igreja Universal pró-Dilma. Depois o Presidente Lula convocou alguns líderes evangélicos para a função de "bombeiros" quando estourou o assunto do aborto e o voto evangélico estava desembarcando na candidatura Marina. Entre os convocados estava o Deputado Pastor Manoel Ferreira, líder da CONAMAD - Convenção Nacional das Assembleias de Deus do Ministério de Madureira.

No horário eleitoral de hoje, sábado à noite, assisti na propaganda do candidato José Serra dois depoimentos de peso: do Pastor José Wellington Bezerra da Costa e depois o Pastor Silas Malafaia. O primeiro é o Presidente da CGADB - Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil. O Pastor Silas é o maior tele-evangelista do Brasil, no momento, o homem que tem dado a cara para bater nos assuntos de PL 122, PNDH3 e eleições da CGADB.

Madureira e a Universal ficaram com Dilma. O Pastor Silas e a CGADB ficaram com SERRA. Definitivamente os evangélicos defenstraram aquele sofisma maligno: "política é coisa do diabo". Quem espalhou aquilo sabia muito bem o que estava fazendo. Em um país com tanta gente na miséria, passando fome, analfabetismo, os crentes não poderiam ficar omissos de jeito nenhum.

A Bíblia é muito clara sobre o assunto: Há autoridades públicas e autoridades religiosas. "Cesar" e Deus. É preciso sim, se posicionar, para que a Igreja assuma as funções de sal e luz. O assunto aborto e homoafetividade está posto diante das autoridades políticas desta nação, graças aos evangélicos.

O interessante é que vi ontem (ou será que foi anteontem?) a charge da 2ª página da Folha criticando o assunto aborto na eleição, que diga de passagem está exagerado, possivelmente para esconder pauta de corrupção. Pois bem, o chargista disse: "Agora também queremos que a terra volte a ser o centro do universo". Sei que este assunto diz mais a respeito da Igreja Católica Romana, mas gostaria de dizer três palavrinhas: aborto é modernidade?

Antes nós líamos e ouvíamos mas não tinha como replicar. Hoje, temos os blogs. Há muitos ateus na imprensa que combatem o preconceito, mas não têm a mínima vergonha de serem preconceituosos contra religiosos, principalmente contra os crentes. Os evangélicos deixam votar em Dilma por causa de seu Partido (o PT) que tem questões fechadas - então são atrasados! Muito interessante: para ser moderno é preciso apoiar causas abortistas?

Encerrando o assunto: fiquei surpreso com a transparência do posicionamento pró-Serra dos Pastores Silas Malafaia e José Wellington Bezerra da Costa. Mostraram caráter e compromisso com as causas bíblicas.

O mesmo não posso dizer dos Bispos Manoel Ferreira e Edir Macedo, que se posicionaram ao lado do partido que sempre está trazendo dores de cabeça para a Igreja cristã brasileira. Leia-se PL 122, casamento gay, PNDH-3, e muita corrupção - que ninguém "vê". Uma vergonha.

sábado, 16 de outubro de 2010

Entrevista de Anne Morrow a filha de Billy Graham

.
Anne Morrow Graham Lotz

Conta-se que a filha de Billy Graham estava sendo entrevistada no "Early Show" quando a apresentadora Jane Clayson lhe perguntou : Como DEUS permitira algo tão terrível assim acontecesse no dia 11 de setembro de 2001?

E Anne Graham deu uma resposta profunda e esclarecedora.

Ela disse: "Eu creio que DEUS ficou profundamente triste com o que aconteceu, tanto quanto nós. Por muitos anos nós temos dito para DEUS não interferir em nossas escolhas, sair do nosso governo e sair de nossas vidas. Sendo um cavalheiro como DEUS é, eu creio que Ele calmamente nos deixou. Como poderemos esperar que DEUS nos dê a Sua bênção e Sua proteção se nós exigimos que Ele não se envolva mais conosco? À vista dos acontecimentos recentes, ataque dos terroristas, tiroteio nas escolas, etc.

Eu creio que tudo começou desde que Madalyn Murray O'Hair, uma ateísta, se queixou de que era impróprio fazer orações nas escolas americanas como se fazia tradicionalmente, e nós concordamos com a sua opinião. Depois disso, alguém disse que seria melhor também não ler mais a Bíblia nas escolas... A Bíblia que nos ensina que não devemos matar, não devemos roubar, e devemos amar o nosso próximo como a nós próprios. E nós concordamos.

Logo depois, o Dr. Benjamin Spock disse que não deveríamos corrigir nossos filhos quando eles se comportassem mal, porque suas personalidades em formação ficariam distorcidas e poderíamos prejudicar sua auto-estima . E nós dissemos: "um perito nesse assunto deve saber o que está falando", e concordamos com ele. O filho do Dr. Spock depois cometeu suicídio.

Depois alguém disse que os professores e os diretores das escolas não deveriam disciplinar os nossos filhos quando eles se comportassem mal. Os administradores escolares então decidiram que nenhum professor em suas escolas deveria tocar em um aluno quando se comportasse mal, porque não queriam publicidade negativa, e não queriam ser processados. (Há uma grande diferença entre disciplinar e tocar, corrigir, dar socos, humilhar e chutar, etc.) E nós concordamos com tudo.

Aí alguém sugeriu que deveríamos deixar que nossas filhas fizessem aborto, se elas assim o quisessem, e que nem precisariam contar aos pais. E nós aceitamos essa sugestão sem ao menos questioná-la. Em seguida algum membro da mesa administrativa escolar muito sabido disse que, como rapazes serão sempre rapazes, e que como homens iriam acabar fazendo o inevitável, que então deveríamos dar aos nossos filhos tantas camisinhas quantas eles quisessem, para que eles pudessem se divertir à vontade, e que nem precisaríamos dizer aos seus pais que eles as tivessem obtido na escola. E nós dissemos, "está bem".

Depois alguns dos nossos políticos mais importantes disseram que não teria importância alguma o que nós fizéssemos em nossa privacidade, desde que estivéssemos cumprindo com os nossos deveres. Concordando com eles, dissemos que para nós não faria qualquer diferença o que uma pessoa fizesse em particular, incluindo o nosso presidente da República, desde que o nosso emprego fosse mantido e a nossa economia ficasse equilibrada.

Então alguém sugeriu que imprimíssemos revistas com fotografias de mulheres nuas, e disséssemos que isto é uma coisa sadia, e uma apreciação natural da beleza do corpo feminino . E nós também concordamos Depois uma outra pessoa levou isto a um passo mais adiante e publicou fotos de crianças nuas e foi mais além ainda, colocando-as à disposição na Internet. E nós dissemos, "está bem, isto é democracia, e eles têm direito de ter a liberdade de se expressar e fazer isso".

A indústria de entretenimento então disse: "Vamos fazer shows de TV e filmes que promovam profanação, violência e sexo ilícito. Vamos gravar música que estimule o estupro, drogas, assassínio, suicídio e temas satânicos." E nós dissemos: "Isto é apenas diversão, e não produz qualquer efeito prejudicial. Ninguém leva isso a sério mesmo, então que façam isso!"

Agora nós estamos nos perguntando por que nossos filhos não têm consciência, e por que não sabem distinguir entre o bem e o mal, o certo e o errado, por que não lhes incomoda matar pessoas estranhas ou seus próprios colegas de classe ou a si próprios... Provavelmente, se nós analisarmos tudo isto seriamente, iremos facilmente compreender que nós estamos colhemos exatamente aquilo que temos semeado! "

Comentário pessoal: Anne Graham escreveu um livro "Céu: a casa de meu Pai" relacionado com o episódio de 11 de setembro de 2001. A CNN fez a transcrição de um "chat" com ela três meses depois, em 11/12/2001. Aparentemente não repetiu as palavras da sua entrevista no "Early Show". Confira: CNN

Três conselhos de Davi ao Rei Salomão

De pai para filho
João Cruzué

E, chegando os dias de sua morte, Davi chamou o Rei Salomão e deu-lhe alguns conselhos. Esta tomará três deles par nossa meditação. Esforça-te; sê homem; guarda e observa.

Esforça-te - esforço significa para mim: compromissos, planejamento e suor. Compromissos com Deus, consigo mesmo, com a família, com a Igreja e com a comunidade. Uma escada com cinco degraus, onde no mais alto deve estar o Senhor. Planejamento para não perder tempo e energias nadando contra maré, ou como diz a sabedoria popular: "dando murros em ponta de faca". Planejar significa pensar, pesar os recursos, meditar no contexto das coisas - mas principalmente ouvir bons conselhos.

Há Conselhos e conselhos. Em meu local de trabalho vez por outra surgia uma situação difícil. Então, procurava conversar com meus auxiliares, separadamente. Fato interessante é que um conselho depende muito da capacidade de discernimento de quem ouve. Uma característica determinante para pesar se ele é bom ou ruim pode ser encontrada em Mateus 05:9. Ali diz que os pacificadores serão chamados Filhos de Deus. Por causa disso, dava mais atenção à palavra de meu auxiliar mais jovem. O mais velho aconselhava "chutar o pau da barraca" e o mais novo recomendava continuar o diálogo, ter um pouco mais de paciência. Por isso, fui bem sucedido na solução daqueles problemas.

O conhecimento suficiente para colocar os planos em prática, não será perfeito se vier apenas de uma cabeça. É muito bom ouvir a esposa, os amigos das horas difíceis, os pais, irmãos mais equilibrados. É muito conhecida a história dos cegos apalpando o elefante. De acordo com o que apalpavam, cada um tinha uma visão diferente. As coisas futuras também são como "elefantes". As vezes conhecemos uma parte, e ao ouvir a visão de outros, podemos ter uma imagem do futuro, bem mais clara no presente. As chances de uma plano dar certo sem ouvir conselhos são as mesmas de sair com uma vela acesa ao vento. Um detalhe curioso é que quanto maior é o sucesso que alguém alcança, mais difícil será sua capacidade de querer ouvir conselhos. O Rei Davi era muito experiente na arte de se aconselhar. Sua humildade nisso, levou-o a ser o maior dos Reis de Israel.

Salomão, entretanto, parece que confiava na sua grande sabedoria, na fama e no sucesso de seus negócios. Se ele possuia conselheiros, creio que não os ouvia. É muito difícil conservar uma atitude humilde diante do sucesso.

Ouvir para planejar melhor, e esforçar sobre os melhores planos. É um suor que vai valer a pena.

O segundo conselho que Davi deu para Salomão foi: Sê Homem! Isso tem a ver com um espírito de coragem. Não guardo muitos versículos na mente, mas de II Timóteo 1:7 não me esqueço: "Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mais de fortaleza, e de amor, e de equilíbrio." De todos meus colegas de trabalho, no Hospital, não me esqueço do Ricardo Santos.
Qualquer que fosse a dificuldade do problema ele nunca dizia uma palavra desanimadora. Havia coisas impossíveis, mas nós nunca o víamos mostrar-se frouxo.

Alguém já disse com muito acerto que para conseguir as coisas impossíveis que estão no futuro, basta fazer o possível de cada dia.

Esforçar-se com coragem, amor e moderação.

E para concluir, o terceiro conselho de Davi para o Rei Salomão foi - Guarda no coração os mandamentos do Senhor e os pratique para que prosperes em tudo quanto fizeres, e onde quer que estiveres. Como o modo dos verbos estão no subjuntivo, neste conselho estava implicito o livre arbítrio de Salomão, ou seja, obedecer ou deixar de obedecer. Os três conselhos foram dados por um pai, homem experiente, ungido de Deus e fiel.

De nada adiantou a sabedoria de Salomão, pois não tinha ouvidos para ouvir.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Palhaço Tiririca, bode expiatório da vez

Ex-Governador Antony Garotinho


"PIOR DO QUE ESTÁ, NÃO FICA?"

Antony Garotinho

Tenho acompanhado o linchamento que a mídia vem fazendo com o Tiririca, por ter recebido 1 milhão e 300 mil votos do povo de São Paulo. Quero deixar claro que não bato palmas para o caminho escolhido por Tiririca na sua campanha, mas acho que há muita hipocrisia nesse episódio.

Parece que o Tiririca personifica todos os males da política brasileira. O Brasil do Tiririca é o mesmo onde Renan Calheiros se reelegeu e já avisou que pretende disputar de novo a presidência do Senado.

Aqui no Rio de Janeiro, a mesma mídia que crucifica o Tiririca não dá uma linha sobre o caso do deputado André Lazaroni, do PMDB, que durante a campanha, a Folha de S.Paulo já havia mostrado suas ligações com o tráfico da Rocinha. A Band News denunciou no dia da eleição, que na sexta-feira (1º de outubro) o traficante Nem mandou chamar todos os motoristas de Kombi da Rocinha deu R$ 200 para cada Kombi e mais R$ 50 para cada motorista e cada ajudante.

A ordem era para usarem camisas amarelas com a foto do vereador falecido Claudinho da Academia, que era o braço político do bandido e para transportarem de graça os eleitores da Rocinha para votarem em André Lazaroni.

Segundo André Lazaroni foi Pezão, o vice-governador quem costurou o acordo político na Rocinha para ele virar o representante da comunidade com o apoio do traficante Nem. Os moradores da comunidade foram pressionados pelos bandidos a votarem nesse rapaz.

Agora eu lhes pergunto: pior do que está não fica? O que é pior o Tiririca ou um político apoiado por uma facção de bandidos (...)?

A mídia e a opinião pública deveriam também ficar indignadas.



Fonte: Blog do Garotinho

Morte de garoto evangélico na Escola Adventista de Embu das Artes

Armas

João Cruzué

A morte do garoto evangélico Miguel Cestari Ricci dos Santos, 9 anos, baleado acidentalmente por um suposto coleguinha da mesma idade, no Colégio Adventista de Embus das Artes, é um dos episódios mais terríveis acontecido nesta década. Tomei a decisão de escrever sobre este caso, não com o propósito de atirar pedras nos responsáveis pelo colégio, que nestes dias estão colaborando com a justiça, mas para fazer uma constatação: Casa que tem criança não pode ter arma nem guardada nem escondida. É pura negligência.

Possuir uma arma é andar sob a sobra do medo, exceção feita às autoridades que a lei delega o dever de uso.

Estive lendo os comentários dos textos publicados na Internet e dois deles chamou-me a atenção. Duas educadoras comentando artigo de Tomas Okuda publicado no Estadão disseram que as escolas são proibidas por lei de fazer revistas nas mochilas dos alunos. O desfecho deste caso, qualquer que seja, vai mostrar as consequências de duas negligências: a inviolabilidade de uma mochila escolar e arma escondida em casa de família.


Entendo que esta legislação da "mochila" precisa ser melhorada. As autoridades constituídas, devem periodicamente, de forma aleatória, não divulgada, realizar revistas em mochilas escolares. O efeito ostensivo desta medida evitaria muitas coisas ruins: o tráfico de drogas dentro das escolas, o porte de armas e coisas afins.

Miguel Cestari Ricci dos Santos, de apenas 9 anos, perdeu a vida porque um coleguinha levou uma arma na mochila, ansioso para mostrar o "brinquedo" para um amiguinho. Considero duas as hipóteses da origem desta arma: propriedade da família ou encontrada em algum canto da cidade. O esquisito é que uma criança não tem tanta familiriade com um revolver a ponto de levá-lo na mochila.

Acidentes fatais com armas guardadas em casa são muito frequentes nos registros policiais. O potencial de tragédia que elas trazem para crianças é considerável. Chego a afirmar que, pelo menos em uma ocasião, a fatalidade deve ter passado muito perto.

Miguel não foi o primeiro, nem vai ser o último.

Infelizmente as autoridades precisam, sim, considerar a necessidade de revistar mochilas. Se as autoridades não fizerem isto, precisamos estar preparados para tiroteios nas escolas com muitas mortes. E casa que tem criança, não pode ter arma escondida. O que nestes casos frequentemente é chamado de fatalidade, na minha opinião trata-se de negligência, pois são episódios infelizmente previsíveis.



SP - 12.10.2010

sábado, 9 de outubro de 2010

Minha Interpretação das estatísticas eleitorais do TSE em 2010

QUADRO ESTATÍSTICO DOS ELEITORES BRASILEIROS

DISTRIBUÍDOS POR SEXO E GRAU DE INSTRUÇÃO

TSE

João Cruzue

Quero apresentar para você as estatísticas eleitorais do TSE, base julho/2010, com distribuição do eleitorado por sexo e grau de instrução. O retrato do prejuízo sofrido por nosso país por não possuir políticas públicas eficientes está aqui. Não sou especialista no assunto, mas vim de uma família muito humilde. A diferença, eu creio, veio da influência de minha mãe, que aos 15 anos de idade era professora rural. Ela tinha um profundo foco na educação.

Apenas 5,2 milhões de pessoas possuem o grau superior completo. Isto significa que em tese, essas pessoas são potencialmente mais capazes de auferir uma renda maior, de uma forma menos estafante. As mulheres estão na frente dos homens em graduação superior: são quase 3 milhões contra 2.227.953 homens.

Cabe notar que de 135.804.433 eleitores, apenas 5.197.950 têm graduação superior; 135,2 milhões não são graduadas. Quase 100 milhões estão sem o ensino médio. Se partirmos da premissa de que estes 100 milhões brasileiros não são potencialmente capacitados para conseguir uma renda maior, o quanto o país não está deixando de ganhar em termos de riqueza de recursos humanos que, por conseguinte significa menos impostos e menores aposentadorias?

Se alguém estivesse procurando um retrato da situação econômica da população brasileira, infelizmente, as estatísticas periódicas do TSE sempre trazem um retrato fiel de como o Brasil desperdiça seus recursos humanos, por não ter um projeto decente e um gestor eficiente para reduzir esta miséria educacional.

Se todos os 135 milhões de eleitores aptos a votar neste mês de outubro tivessem conquistado uma graduação superior, nosso PIB e riqueza seriam suficientes para nos levar a terceira economia do mundo - ou mais.

Não basta despejar 25% de recursos públicos no ensino fundamental. Por falta de onde gastar, muito dinheiro está sendo desperdiçado em ações que não melhoram o quadro desta foto. É preciso repensar do começo ao fim toda política educacional brasileira, e colocar sua gestão nas mãos de uma pessoa que seja apaixonada pela Educação. É preciso mudar muita coisa. Que país é este, em que o pobre tem pagar uma faculdade particular para estudar à noite, enquanto os que podem pagar estudam de graça?

Por outro lado, a responsabilidade não está apenas na gestão do governo. Se a família não é focada em educação, filhos netos e bisnetos vão continuar ganhando uma renda bem inferior, se comparada com aqueles que se graduam. Além das famílias, também a Igreja deveria trabalhar mais o aconselhamento no mesmo sentido, incentivando seus membros a investir tempo e esforços na educação.

Eu estou chocado com estas estatísticas. Somente 5,2 milhões de pessoas graduadas, e 130 milhões ainda não graduadas. Para quem gosta de porcentagem são 3,8% contra 96,2%. É o país jogando fora trilhões de reais por não conseguir graduação para seus cidadãos. Este é o maior desperdício que este país tem.

Falar de bolsa família diante deste quadro é ofender minha inteligência. Quando uma pessoa se gradua, ela não muda apenas sua capacidade de fazer renda, mas da família inteira. Ela nunca mais vai precisar de bolsa família. Eu prefiro ver todos os jovens brasileiros cursando integralmente uma faculdade, do que recebendo bolsa família a vida inteira. As pessoas precisam de relevância em suas vidas; elas não querem esmola.

Pense bem nisso!


Fonte: TSE 

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

TV AO VIVO, ONLINE - FUTEBOL AO VIVO

Assista futebol ao vivo, Campeonato Brasileiro Serie  A Campeonato Serie B Campeonato 
Espanhol e Italiano, Alemão.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

PT estuda tirar aborto de programa para estancar queda de Dilma entre religiosos


Candidata Dilma Rousseff (foto) vê demora em perceber a onda de boatos entre religiões; aliada alerta que tema pode custar Presidência.

Acuado pela perda de votos de evangélicos na reta final do primeiro turno, o PT ensaia deixar de lado a defesa programática da descriminalização do aborto e já planeja retirar a proposta do programa do partido, aprovado em congresso.

A medida deve ser discutida em reunião da Executiva do PT, como forma de responder aos rumores contra a candidata à Presidência, Dilma Rousseff, apontados como o principal motivo para o crescimento de Marina Silva (PV), contrária à legalização do aborto, e a consequente ida da disputa presidencial ao segundo turno.

O primeiro contra-ataque partiu do secretário de Comunicação do PT, André Vargas. "O Brasil verdadeiramente cristão não votará em quem introduziu a pílula do dia seguinte, que na prática estimula milhões de abortos: Serra", disse em seu Twitter.

A pílula do dia seguinte é um dos métodos contraceptivos criticado pela Igreja Católica e distribuída pelo Ministério de Saúde. Diferentemente do que Vargas sugere, sua adoção foi decidida antes de o tucano José Serra, rival de Dilma no segundo turno, ser titular da pasta.

O secretário de Comunicação do PT defende ainda o isolamento da ala do partido pró-legalização. "Agora é hora de envolver mais dirigentes na campanha. Foi um erro ser pautado internamente por algumas feministas. Eu e outros fomos contra".

Um dos coordenadores da campanha de Dilma, José Eduardo Cardozo, reconhece que a resolução do PT, pró-descriminalização do aborto, não é unânime no partido e não é a posição de Dilma.

Antes de ser candidata, Dilma defendia abertamente a descriminalização da prática --o fez, por exemplo, em sabatina na Folha em 2007 e em entrevista em 2009 à revista "Marie Claire".
Depois, ao longo da campanha, disse que pessoalmente era contra a proposta. Hoje, diz que repassará a discussão ao Congresso.

O tema se tornou tão incômodo que ontem, ao "Jornal Nacional", Dilma o citou mesmo sem ter sido questionada (ela teve um minuto e meio para "dar uma mensagem aos eleitores").

"Eu tenho uma proposta de valores. Um princípio nosso de valorizar a vida em todas as suas dimensões".

A senadora eleita Gleisi Hoffmann (PT-PR) afirmou que a defesa da descriminalização do aborto pode até ser defendida por algumas alas do partido, mas pode "custar a Presidência da República".

Já o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), puxador de votos evangélicos, disse que chegou a perder votos porque defendia Dilma, que "erroneamente" era associada a afirmações anticristãs.

Além do PT, o PMDB também defende uma ação para combater a associação de Dilma ao tema aborto, que virou onda de e-mails e comentários em meios religiosos.

Os peemedebistas querem que a candidata divulgue, enfim, um programa de governo deixando claro ser contra a legalização.

Ontem, Dilma reconheceu que a campanha percebeu muito tarde a onda associando seu nome ao tema do aborto e a uma fala, que ela não disse, de que nem Jesus Cristo tiraria dela a vitória.

Sobre a presença do presidente Lula na campanha, Dilma não precisou seu papel. "O presidente Lula a gente não pode falar em dose, ele não é o remédio é solução", disse.

Fonte: Folha de São Paulo

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Marco Feliciano é eleito deputado federal em 2010 veja o video

O Estado de São Paulo conta, em 2010, com 70 vagas para deputado federal. Obviamente, o candidato eleito mais comentado é Tiririca. Mas quero destacar aqui os resultados de Marco Feliciano.

Este vídeo é do jornal Orlandia Online, com a data de 3 de outubro:






A campanha
Durante a sua campanha, Marco Feliciano teve que lidar com uma questão complicada. Anos atrás, o pastor declarou que não se rebaixaria ao concorrer a um cargo político. Para explicar essa mudança, Feliciano lançou o seguinte vídeo:






O candidato recebeu diversas críticas ao não abandonar o pastorado em prol da política. Ainda assim, o contingente de apoiadores no twitter sempre foi expressivo.
Um dos pontos fortes da campanha foi a escolha de seu número, o 2010. Outra questão é que Feliciano fez uma campanha fortemente amparada pela internet, com site específico, mudanças no seu layout no twitter e uma série de vídeos compartilhados no youtube.


O resultado
Acompanhei a apuração pelo IG. Segundo o site, Marco Feliciano foi o candidato mais votado do PSC a deputado federal por São Paulo. Ficou em 12º lugar na apuração total, com 211.855 votos. Sem dúvida, são resultados impressionantes.
Como sempre prezo pela sinceridade aos meus leitores, confesso que não apostava na eleição de Feliciano. Sem uma igreja que o impulsionasse e contando somente com as mídias virtuais e os colaboradores anônimos, me parecia bastante improvável que o pastor conseguisse se eleger. Devo dizer ainda que realmente não torcia para sua eleição, devido às suas extravagâncias no mercado gospel da fé.
Agora eleito, resta-nos pedir a Deus que ilumine Marco Feliciano. Que ele seja um deputado digno de seus eleitores.


A repercussão
No twitter, as opiniões foram diversas. Primeiramente, uma pequena amostra das mensagens de apoio:

domingo, 3 de outubro de 2010

Goiás escolhe os 17 deputados federais veja os nomes dos eleitos

Foram eleitos neste domingo (3) os 17 deputados que vão compor a bancada goiana na Câmara Federal. A deputada mais votada foi Dona Iris (PMDB), com 6,43% dos votos. Em seguida vem Rubens Otoni (PT), com 5,94% dos votos e Ronaldo Caiado (DEM), com 5,78% dos votos.

 

Os outros 14 deputados escolhidos foram Flávia Morais (PDT), Sandro Mabel (PR), Jovair Arantes (PTB), João Campos (PSDB), Armando Vergílio (PMN), Leandro Vilela (PMDB), Carlos Alberto Leréia (PSDB), Roberto Balestra (PP), Pedro Chaves (PMDB), Leonardo Vilela (PSDB), Thiago Peixoto (PMDB), Sandes Junior (PP), Vilmar Rocha (DEM) e Heuler Cruvinel (DEM).

Dos 17 deputados eleitos, apenas sete não continuam os mandatos na Câmara Federal. Foram reeleitos Carlos Alberto Lereia, Dona Iris, João Campos, Leonardo Vilela, Pedro Chaves, Ronaldo Caiado, Rubens Otoni, Sandes Junior, Sandro Mabel e Roberto Balestra, que chega ao sétimo mandato consecutivo.

Dos deputados goianos, cinco não concorreram à reeleição. Luiz Bittencourt (PMDB), José Tatico (PTB) e Raquel Teixeira (PSDB), além de Marcelo Melo (PMDB), escolhido para vice na chapa de Iris Rezende (PMDB), e Pedro Wilson (PT), que concorreu ao Senado.

Veja a lista completa

Seq. Nº Cand. Nome Candidato Partido / Coligação Qtde. Votos
1 1515 PMDB - PT / PMDB / PC do B 185.934 (6,44%)
2 1313 PT - PT / PMDB / PC do B 171.382 (5,94%)
3 2555 DEM - PRB / PTB / PPS / DEM / PMN / PSDB / PT do B 167.591 (5,81%)
4 1212 PDT - PP / PDT / PTN / PSC / PR / PSDC / PSB / PV / PRP 152.553 (5,28%)
5 2233 PR - PP / PDT / PTN / PSC / PR / PSDC / PSB / PV / PRP 148.687 (5,15%)
6 1414 PTB - PRB / PTB / PPS / DEM / PMN / PSDB / PT do B 147.624 (5,11%)
7 4565 PSDB - PRB / PTB / PPS / DEM / PMN / PSDB / PT do B 135.968 (4,71%)
8 3345 PMN - PRB / PTB / PPS / DEM / PMN / PSDB / PT do B 103.231 (3,58%)
9 1510 PMDB - PT / PMDB / PC do B 102.435 (3,55%)
10 4544 PSDB - PRB / PTB / PPS / DEM / PMN / PSDB / PT do B 98.427 (3,41%)
11 1105 PP - PP / PDT / PTN / PSC / PR / PSDC / PSB / PV / PRP 97.424 (3,37%)
12 1580 PMDB - PT / PMDB / PC do B 94.318 (3,27%)
13 4545 PSDB - PRB / PTB / PPS / DEM / PMN / PSDB / PT do B 91.924 (3,18%)
14 1567 PMDB - PT / PMDB / PC do B 90.719 (3,14%)
15 1122 PP - PP / PDT / PTN / PSC / PR / PSDC / PSB / PV / PRP 89.230 (3,09%)
16 2525 DEM - PRB / PTB / PPS / DEM / PMN / PSDB / PT do B 85.773 (2,97%)
17 2580 DEM - PRB / PTB / PPS / DEM / PMN / PSDB / PT do B