quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Após tentativa de ataque e queda, Papa celebra a Missa do Galo

O papa Bento XVI celebrou normalmente a Missa do Galo depois que uma mulher saltou a barreira de proteção e tentou atacá-lo quando este se dirigia para iniciar  a celebração no Vaticano, na noite desta quinta-feira (24). Segundo o reverendo Ciro Benedettini, porta-voz do Vaticano, o Papa caiu rapidamente, mas foi auxiliado e se levantou logo em seguida.
 
Bento XVI não teve ferimentos sérios e continuou a celebração após o susto. A identidade da pessoa que causou o incidente não foi revelada.

 De acordo com o mesmo representante, a mulher que empurrou o pontífice parecia ter problemas mentais e foi presa pela polícia do Vaticano. O cardeal Roger Echegaray também caiu e foi levado a um hospital para exame.


No ano passado, uma mulher furou as barreiras de segurança após a Missa do Galo, mas foi detida antes de conseguir chegar ao papa. Não está claro se a pessoa é a mesma do incidente deste ano. 

 Missa

 Falando para mais de 10 mil pessoas, o papa contou a história do nascimento de Cristo e pediu que os católicos coloquem de lado as dificuldades do cotidiano para redescobrir o caminho de Deus.

 "Em todas as formas de caminhos, Deus tem de orgulhar-nos e chegar a nós de novo e de novo, assim que possamos escapar da turbidez de nossos pensamentos e atividades, e descobrir o caminho", disse.

 

AP/AP

Papa é ajudado ao sentar-se para celebrar a Missa do Galo nesta quinta-feira (24), após o incidente em que caiu. (Foto: AP).

 

Nenhum comentário: