quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Rubens Barrichello nega fama de azarado na F-1

O brasileiro Rubens Barrichello diz não ser azarado, apesar de ter largado na pole no GP do Brasil no último domingo (18). O piloto teve que se contentar com a oitava posição e viu Jenson Button, seu companheiro de equipe, pular da 14ª para a quinta colocação sem qualquer esforço, conquistando seu primeiro Mundial de Fórmula 1 em Interlagos, em São Paulo.

Paradas não previstas nos boxes, um pneu furado a oito voltas do final, Rubinho diz que não tinha um carro competitivo, e que não existe azar em cima de problemas técnicos. Apesar de tudo que ocorreu em Interlagos, o piloto da Brawn disse negar a fama de azarado.

- É fraqueza do brasileiro achar que existe azar em cima de alguma coisa. Na minha opinião, não existe azar ou sorte, mas sim trabalho e problemas que ocorrem, principalmente humano.

O piloto ainda não sabe por qual equipe vai correr na temporada 2010. Nos bastidores da Fórmula 1 é dado como certo que Rubinho estará na Williams.

Nenhum comentário: