sexta-feira, 2 de outubro de 2009

A Olimpíada-2016 é do Rio de Janeiro

Dessa vez não teve para ninguém, a Olimpíada-2016 é do Rio de Janeiro. Não havia como derrotar a cidade brasileira depois da apresentação das quatro candidatas nesta sexta-feira (2), em Copenhague, na Dinamarca. A cidade carioca teve, no último round do pleito, 66 votos contra 32 de Madri.

s delegados da candidatura carioca mostraram claramente que queriam a Olimpíada-2016, ao contrário dos representantes das outras cidades, que não foram tão fortes na hora de mostrar sua vontade em receber os Jogos. Entre os defensores da candidatura do Rio, sobrou entusiasmo, principalmente por parte do presidente Lula, que garantiu poder abraçar o evento, além de exibir emoção ao apontar os cinco aros olímpicos.
 
- Ali vejo meu país. Gente do mundo todo, orgulhosos da origem, e de serem brasileiros.
 A eleição da sede olímpica foi o final de um processo que durou anos de investimento em favor do Brasil pelos cinco continentes. E que, nos últimos dois, teve o presidente Lula totalmente engajado, aproveitando reuniões de cúpulas internacionais para falar da candidatura carioca.

 
Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) e um dirigente com mais de 30 anos de experiência em política esportiva, correu atrás de votos de cada um dos eleitores, em seus países, e em muitos deles ainda levou atleta brasileiros que tinham a ver com locais relacionados a suas modalidades, como Adriana Behar, do vôlei de praia, que foi a Bali, e Isabel Swan, velejadora que foi à Nova Zelândia. Além, claro, de Pelé, que se encarregou da América Central e da África.
 
Nuzman também teve outro ponto muito forte a favor de seu trabalho: fez parte da comissão de avaliação das candidatas à Olimpíada-2008, correndo todas as cidades e observando pontos fracos e fortes, além dos pontos que pareciam favoráveis a seus colegas membros do COI (afinal foi Pequim a eleita).

Assim, desta vez o Rio de Janeiro saiu da "rabeira" na primeira avaliação do COI, quando teve apontados problemas de segurança, transporte e acomodações para chegar à reta final com soluções propostas e favorita na corrida olímpica. 

Nenhum comentário: