sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Lula sanciona projeto de lei que institui Dia Nacional da Marcha para Jesus


 presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nesta quinta-feira, 3 de setembro, o projeto de lei que institui o Dia Nacional da Marcha para Jesus. A comemoração ocorrerá sempre no primeiro sábado contados 60 dias após o domingo de Páscoa. O senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), autor do projeto de lei, comemorou a sanção de Lula.

O casal Hernandes, da Igreja Renascer, que retornou recentemente ao Brasil após cumprir sentença de prisão por entrar nos Estados Unidos com US$ 56 mil não declarados, esteve nesta quinta-feira no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede provisória da Presidência da República, para participar da sanção do projeto de lei que institui o Dia da Marcha para Jesus. 

Antes da sanção, da qual participaram o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), os bispos se encontraram com a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, que cumprimentou um por um. Depois, eles rezaram pela saúde da ministra, que agradeceu. Ela não participou da sanção da lei. 

Marcha será 60 dias após o domingo de Páscoa

O Dia da Marcha para Jesus será celebrado 60 dias após o domingo de Páscoa. Estevam Hernandes e Sônia chegaram com o deputado bispo Gê Tenuta (DEM-SP) e se encontraram com outros pastores, entre eles o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) e o deputado bispo Rodovalho (DEM-DF). 

A cerimônia foi rápida. Em nome dos evangélicos falou Crivella, autor do projeto. Lula não discursou. Todo ano a Renascer promove uma marcha para Jesus que atrai cerca de um milhão de fiéis em São Paulo. 

Estevam e Sonia foram condenados nos EUA, em 2007, a cinco meses de prisão numa penitenciária federal e mais cinco meses de prisão domiciliar por contrabando de dinheiro de origem não-declarada e conspiração para cometer crime. Parte do dinheiro estava no fundo falso de uma Bíblia. Em liberdade condicional, precisaram de permissão da Justiça americana para sair do país. O casal também teve de pagar US$ 60 mil aos EUA. No Brasil, respondem a processos por lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e estelionato. 

Crivella comemora sanção de projeto

O senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) comemorou nesta quinta-feira (3) em Plenário a sanção, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do projeto de lei que instituiu o Dia Nacional da Marcha para Jesus. De acordo com a nova lei, originada de projeto apresentado pelo senador, a comemoração ocorrerá sempre no primeiro sábado contados 60 dias após o domingo de Páscoa.

A Marcha para Jesus, de acordo com o senador, é "a marcha do amor de Cristo para o Brasil", além de "brado de reafirmação da fé cristã nos ideais de liberdade, igualdade e fraternidade". Entre as mensagens que quer propagar às gerações futuras, de acordo com o senador, está a de que "o capitalismo sem ética cristã é a crise impiedosa que assola o mundo sob o império da opressão do mais forte". 

- Que venham todos, que tomem as ruas e as nossas avenidas por todo o vasto território nacional, numa procissão triunfal dos nossos valores espirituais, para que surja nos horizontes infinitos da esperança dessa terra que Deus nos deu a manhã ensolarada de um novo porvir onde o amor entre nós seja sem fingimento; que haja tolerância, o culto da liberdade, o respeito ao direito e acima de tudo a fé em Deus, que acrisola as mais puras essências das virtudes da nossa nacionalidade, fundamenta a civilização brasileira e nos conduz no rumo seguro da justiça, do progresso, da bondade e da paz - disse. 

Fonte: Folha Online e Agência Senado

Nenhum comentário: