quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Igreja apela à oração antes do sexo

A Igreja Católica está incentivando os casais, unidos pelo matrimônio, a fazerem orações antes de terem relações sexuais. Para o efeito, foi publicado um livro onde um conjunto de orações convida os casais a "purificarem as suas intenções".

O livro chama-se "Prayer Book for Spouses" (Livro de Oração para os Cônjuges", em português) e pretende transmitir aos casais a necessidade de renovar constantemente os votos do matrimônio.

A principal oração para o casal implora a Deus para que lhes seja concedido o verdadeiro amor, ternura que una verdadeiramente, dar tudo sem esperar nada em troca, dizer a verdade e não enganar, perdoar, e que seja bem-vinda a união física do amor.

Acrescenta ainda: "Abra os nossos corações, para si, entre nós e para a bondade da vossa vontade", num apelo à bênção de Deus, noticia o "Daily Mail".

Orações para todas as fases

O livro foi publicado pela "Truth Society" da Igreja Católica de Londres.

As 64 páginas do "Prayer Book for Spouses" contêm orações para todas as fases da vida matrimonial e familiar, incluindo o compromisso, o planejamento familiar, a gravidez e o cuidado com os filhos e com os pais idosos.

As orações, escritas por vários autores, estão ainda intercaladas com a doutrina católica sobre o significado do casamento e da família.

Livro é um ato "corajoso mas bom"

O reverendo Paul Hendricks, bispo auxiliar de Southwark, em Londres, considera a atitude como um ato "corajoso mas bom".

"Suponho que seja um pouco idealista mas é do conhecimento de todos que Deus está no coração da relação entre marido e mulher", defendeu.

"É importante para a Igreja vincar o valor do casamento e da vida familiar e suponho que esta seja uma forma particular de o fazer", acrescentou o reverendo.

O livro aviva a mensagem de que o casamento deve ser uma união para toda a vida e transmite ainda uma mensagem de condenação ao aborto.

"Prayer Book for Spouses" também critica aqueles que não acreditam em uniões para toda a vida. "É um dever fundamental da Igreja reafirmar fortemente a doutrina da indissolubilidade do matrimónio", disse o reverendo Paul Hendricks.

A partir desta publicação, a Igreja Católica Romana incentiva os casais a orarem antes do sexo para se lembrarem que a relação sexual é um ato altruísta, não conduzido pelo hedonismo.

Fonte: TV I24 / ADIBERJ

Nenhum comentário: