quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Inundações deixam 7 mortos e 300 mil desabrigados na Índia

Pelo menos sete pessoas, entre elas três crianças, morreram e mais de 300 mil estão desabrigadas devido às inundações causadas pelas fortes chuvas e a abertura de represas no estado indiano de Uttar Pradesh, informaram nesta quinta-feira fontes oficiais.

Quatro pessoas morreram no distrito de Bahraich nos últimos dois dias, onde cerca de 300 mil moradores de 185 municípios foram atingidos, disse à agência "Ians" o responsável do distrito Subash Sharma.

Reuters
Ponte destruída pela chuva em Siliguri, leste da Índia


No distrito de Lakhumpur Kheri, três crianças morreram e 200 municípios foram atingidos pelas inundações.

As autoridades locais iniciaram a evacuação nas localidades mais afetadas e estão acontecendo operações de ajuda e resgate.

Além disso, o aumento do nível dos rios e a abertura de represas em vários açudes próximos à fronteira com o Nepal causou inundações em outros cinco distritos de Uttar Pradesh.

Segundo fontes oficiais, os rios Rapti e Saryu estão acima do nível de alerta no trecho que passa pelo distrito de Shrawasti.

Reuters
Criança em rua alagada de Hyderabad, sudeste da Índia

Com a chegada da monção, um fenômeno meteorológico que castiga a Índia de junho a setembro, ocorrem grandes inundações nos estados com menos infraestrutura do país, nos quais morrem centenas de pessoas a cada ano.

As regiões mais atingidas costumam ser as empobrecidas Uttar Pradesh e Bihar, mas, este ano, as chuvas estão sendo menos intensas e em muitas áreas da Índia há secas e cortes de abastecimento.

Nenhum comentário: