sábado, 28 de março de 2009

Família do maior empresário do aborto dos EUA morre em acidente misterioso

(Por Gingi Edmonds) - Alguns de vocês podem ter visto as manchetes sobre o avião particular que se caiu sobre um Cemitério em Montana, matando 7 crianças e 7 adultos.

Mas o que as fontes noticiosas se esqueceram de mencionar é que o Catholic Holy Cross Cemetery propriedade da Resurrection Cemetery Association em Butte – contem um memorial para os residentes locais rezarem o rosário, no 'Tumulo dos Não Nascidos'. Este memorial, localizado a curta distancia a oeste da igreja, foi erigido em dedicação a todos os bebês que morreram por causa do aborto.

Que mais a imprensa oficial não lhe está contando? A família que pereceu no acidente, próximo ao local do memorial dedicado às vitimas do aborto, é a família de Irving 'Bud' Feldkamp, proprietário da maior rede de aborto para fins lucrativos da nação [EUA].

Family Planning Associates foi comprada quatro anos atrás por Irving Moore "Bud" Feldkamp III, dono da Allcare and Hospitality Dental Associates e CEO do Glen Helen Raceway Park em San Bernardino [California]. As 17 clinicas de Planejamento Familiar da Califórnia (Family Planning clinics) realizam mais abortos no estado do que qualquer outro provedor de aborto – incluindo a Planned Parenthood – sendo que inclusive realizam abortos até ao quinto mês da gravidez.

Apesar de Feldkamp não ser um abortista, ele aufere polpudos lucros oriundos de dinheiro tingido com o sangue de dezenas de milhares de bebes, assassinados mediante os abortos praticados a cada ano nas clinicas das quais ele aufere a propriedade. Seus negócios na indústria do aborto lhe permitiram desfrutar do turbo-hélice privado, que estava transportando sua família para uma semana de férias no The Yellowstone Club, um exclusivo resort de esqui para milionários.

A aeronave caiu no Domingo, matando duas das filhas de Feldkamp, dois genros e cinco netos, juntamente com o piloto e quatro amigos da família. O Avião, um turbo-hélice monomotor pilotado por Bud Summerfield de Highland, embateu no cemitério Católico e explodiu em chamas, apenas a 150m do seu destino final de aterrissagem. Todos a bordo morreram.

A causa do acidente é um mistério. O piloto, que era um ex piloto militar, com mais de 2,000 milhas voadas, não deu qualquer indicação aos controladores de trafico aéreo de que a aeronave estivesse experimentando dificuldades, no momento em que pediu para ter a rota mudada para um aeroporto em Butte. Testemunhas relatam que o avião subitamente apontou ao solo, sem aparentes sinais de luta. Não existia nenhum gravador de voz no cockpit ou um registrador de dados do vôo a bordo, não existindo quaisquer dicas do radar sobre os momentos finais da aeronave, porque o aeroporto de Butte não está dotado com esse tipo de equipamento. Alguns especulam que o acidente se deveu a gelo nas asas, mas este modelo particular de avião foi testado para condições climáticas extremas de gelo e especialistas afirmaram que é pouco provável que gelo tenha sido a causa.

Nos meus dias em que trabalhava para a Survivors of the Abortion Holocaust, ajudei na organização e realização de uma campanha semanal, onde jovens ativistas permaneciam fora da mansão de Feldkamp, em Redlands, segurando cartazes com sinais do desenvolvimento fetal e conscientizando a comunidade local sobre os negócios de Feldkamp, envolvendo lucros obtidos com a morte de crianças. Toda Quinta-feira à tarde gritávamos a Bud e sua esposa Pam para se arrependerem, procurar a benção de Deus e afastarem-se pessoalmente da pratica de assassinato de crianças.

Nos o avisamos, por amor aos seus filhos, para lavar suas mãos do sangue inocente, que ele insistia em derramar, porque, como a Escritura avisa , se "você não odeia o derramamento de sangue, este lhe perseguirá". (Ezequiel 35:6).

Uma fonte noticiosa declarou que Bud Feldkamp visitou o local da queda com sua esposa e seus dois filhos restantes, na segunda feira. Quando permaneciam junto aos restos retorcidos e carbonizados da aeronave, falando com os investigadores, uma ligeira neve começou a cair sobre as sacolas de polietileno que recobriam os restos mortais de seus filhos.

Não pretendo transformar este trágico acontecimento numa espécie de momento espiritual desagradável, do tipo 'Eu não lhe avisei'! - mas não posso deixar de pensar no tempo que permaneci fora da mansão dos Feldkamp's - Pam Feldkamp rindo dos cartazes com imagens do desenvolvimento fetal, e Bud Feldkamp tentando evitar o contato direto com nossos olhos, ao entrar em seu carro com uma pequena criança atrás – e penso naquelas pungentes palavras 'Pense em suas crianças!' Me pergunto se o fantasma dessas palavras não estaria rondando Feldkamp ao permanecer ali, na neve, entre os restos mortais dos seus entes queridos, a alguns metros apenas do 'Tumulo dos Não Nascidos'?

Só espero e rezo, em face desta tragédia, que Feldkamp reconheça a necessidade de se arrepender e reformar-se. Peço a Deus que deste infortúnio e catástrofe possa Ele amolecer os corações de Bud e Pam, para que se aproximem do Senhor e lavem suas mãos do sangue de milhares de crianças inocentes, cada um tão precioso e insubstituível quanto os seus.

"Coloquei diante de ti a vida e a morte, a benção e a maldição. Escolhe, pois, a vida." (Deut. 30:19)

Fonte: Júlio Severo

Nenhum comentário: