terça-feira, 8 de julho de 2008

Atlantis decola em 8 de outubro para consertar o telescópio Hubble

Atlantis decola em 8 de outubro para consertar o telescópio Hubble
Publicidade

da Efe, em Washington
da Folha Online

O ônibus espacial Atlantis partirá em 8 de outubro para um último conserto do telescópio espacial Hubble, na primeira das oito missões dessas naves da Nasa (agência espacial norte-americana), antes de elas se aposentarem. Anteriormente, a missão estava prevista para agosto, mas foi adiada em razão de problemas técnicos no Atlantis.

A missão vai substituir uma câmera que parou de funcionar no ano passado e instalar um novo instrumento, que servirá para estudar estruturas do "esqueleto" do Universo, como a matéria escura.

Com a reforma prevista, a vida útil do telescópio orbital deve ser estendida até 2013. Durante os reparos, os astronautas vão instalar também um dispositivo que servirá para um foguete desativar o Hubble e jogá-lo no mar, quando ele for aposentado.

Um comunicado da agência espacial americana indicou que a última missão deste ano dos ônibus espaciais será realizada pela Endeavour, que será lançada no dia 10 de novembro rumo à ISS (Estação Espacial Internacional), durante o processo de construção do complexo.

A Nasa acrescentou que, até o fim de 2010, ano em que os ônibus espaciais serão retirados de circulação, serão realizadas outras seis missões. A Nasa esclareceu que as datas anunciadas para este ano, assim como para 2009 e 2010, estão condicionadas aos programas de lançamento de outras naves e outros detalhes técnicos.

No entanto, acrescentou que refletem o compromisso da Nasa de completar a construção da ISS e de continuar a transição para as novas naves que substituirão os ônibus espaciais.

A agência espacial deve substituí-los com o programa Constellation, que construirá as naves Orion --em operação a partir de 2015. Entre 2010 e 2015, a nave russa Soyuz fornecerá provisões e realizará substituições de peças na ISS.

Nenhum comentário: